O Caminho das Missões é um roteiro de caminhada a pé ou de bicicleta pelas antigas estradas dos Jesuítas e Guaranis e que funciona como um produto do turismo desde 2002. Até 2017 se ofereciam percursos de 14 dias que partem de São Borja, 8 dias de São Nicolau e de 3 dias de São Miguel, sempre chegando em Santo Ângelo. Muito mais que um passeio turístico o Caminho das Missões é um roteiro interativo, onde a superação dos desafios pessoais proporcionam uma experiência inigualável de liberdade, espiritualidade e autoconhecimento.

A partir deste mês de outubro 2017, no dia 12 se iniciou a “Internacionalização do Caminho das Missões” com caminhada que está em pleno andamento iniciada nos municípios de Corpus Christi e San Ignácio Mini na Argentina, onde ocorreu o lançamento da internacionalização pela parte da manhã do dia 13, com a presença de prefeitos municipais do Brasil que foram prestigiar o evento.

O caminho desde a Argentina é de 420 km até Santo Ângelo. O Grupo de caminhantes que estão fazendo está primeira caminhada, no dia 13 foram até Loreto, depois dia 14 até Santa Ana, no dia 15 até Cerro Azul, no dia 16 Mártires do Japão, no dia 17 Santa Maria e Itacaruaré, no dia 18 San Javier e entraram no Brasi em Porto Xavier. No dia 19 Assunção do Ijuí, dia 20 Pirapó, dia 21 São Nicolau, 22 Rincão dos Teixeira e 23 São Luiz Gonzaga. 24 São Lourenço, 25 Santuário do Caaró, 26 São Miguel, 27 Carajazinho, 28 São João Batista e Parque das fontes e finalmente chegarão em Santo Ângelo no dia 29 no final da tarde, com Shows com artistas locais e regionais, espetáculos, que ocorrerão na Praça Pinheiro Machado e após Missa Solene na Catedral Angelopolitana.

Pesquisa realizada no início de 2017 indicou o que os peregrinos pensam sobre a caminhada: “trouxe-me uma experiência indescritível do ponto de vista emocional, testando limites do corpo físico e alimentando o corpo espiritual com toda a atmosfera que inunda o caminho. Preenche-nos de forma a desfrutarmos sensações inexplicáveis”. Outro diz: “como turismo, paisagens fantásticas de coxilhas com plantações e reservas de matas que nos fazem sublimar o cansaço e desgastes. Vale apena!”. “Aprendi com longas caminhadas que precisamos muito menos do que carregamos na vida. Hoje procuro ser mais leve, viver mais leve, andar mais leve. Essa caminhada é um marco em minha vida”. “É uma experiência única, onde se pode sentir o desvencilhamento de tudo aquilo que incomoda o interior da gente… Essa viagem foi intensa, única e transformadora. Saí do Caminho das Missões com a certeza de que vou voltar”. “Mudou os conhecimentos históricos referentes à vida dos Guaranis e Jesuítas, além das características da cultura gaúcha e seu povo acolhedor”.

Em cada local no momento da chegada dos turistas têm sido recebidos pela comunidade local com grande alegria. Em certos locais as escolas do município estão aguardando os peregrinos o que lhes causa grande alegria.

A partir desta primeira caminhada internacional começa uma nova fase nas caminhadas dentro da grande região missioneira dos Países que compõe o Circuito Internacional das Missões – a Ruta Jesuítica Internacional.

Operadora de Turismo Caminho das Missões
www.caminhodasmissoes.com.br
José Roberto de Oliveira


Pin It on Pinterest