Nesta quinta- feira, 28, na localidade de Candeia Baixa (Santa Rosa), ocorreu o último dos encontros com os grupos de mulheres da Coopermil (dentro do Programa de Educação Social da entidade) que contou com a participação da Assessoria de Políticas para as Mulheres da Prefeitura de Santa Rosa.

Desde o primeiro encontro, ocorrido em 1º de agosto, na Linha Acre, em Cândido Godói, até este último, foram 27 oportunidades para troca de conhecimento e experiências sobre temas relativos à mulher, à família e à sociedade. Sempre com uma perspectiva histórica, reforçaram-se as gradativas conquistas femininas em termos de direitos e participação social, econômica e política.

Questões bem atuais, como a importância da autonomia financeira e o combate às diversas formas de violência contra a mulher, tiveram o merecido destaque. Nesse sentido, foi ressaltado o amparo oferecido pelo município de Santa Rosa, através do Centro de Referência Regional de Atendimento à Mulher – Dirce Grös, às mulheres vítimas de violência doméstica em qualquer dos 23 municípios que fazem parte do Consórcio Fronteira Noroeste (COFRON)

“Nestes 27 encontros participaram mulheres de distintas faixas etárias (desde adolescentes até octogenárias, principalmente moradoras da área rural), cada uma delas imbuída de sua própria história, sempre mediada pelo papel que a sociedade de cada época permitia às mulheres”, destacou Solange Griza, Assessora de Políticas para as Mulheres de Santa Rosa.

“Foram dias de muita troca de conhecimento e experiências. Em meio a esse processo evolutivo das conquistas sociais, econômicas e jurídicas das mulheres, é muito importante a Coopermil ter um olhar voltado à mulher e seus direitos, valorizando a importância de seu trabalho e sua participação social. Durante o ano todo esses grupos têm seus encontros com temas e atividades distintas, organizados pela Glotilde Bao (Neca)”, ressalta a Assessora.


Pin It on Pinterest