(55) 9106-5787 | 9602-5153 | 8143-2349 | 8468-4083 | Santa Rosa - RS mensagempara@leitequente.com

Manejo e conservação de solos serão foco de trabalho na região de Santa Rosa

Inseridos em uma proposta estadual de conservação e manejo de solo, representantes da Emater/RS-Ascar, cooperativas, escolas agrícolas e universidades, sindicatos rurais e dos trabalhadores rurais, associações dos engenheiros agrônomos, além de secretários da agricultura da região, reuniram-se nesta quarta-feira (26/09), em Santa Rosa.

Através do tripé ensino-pesquisa-extensão pretende-se unir forças para debater e apresentar soluções de conservação e manejo de solos e água da região. Segundo o assistente técnico estadual em Solos da Emater/RS-Ascar, engenheiro agrônomo Edemar Valdir Streck, “há uma necessidade de mobilização das entidades gaúchas voltadas à área, para que seja encontrado um foco comum para ações em uso, manejo e conservação de solos. Para tanto, estão sendo realizadas reuniões regionais”.

Na reunião realizada no auditório da Cotrirosa, foram definidas diretrizes e ações que irão nortear o trabalho de manejo e conservação do solo e da água. “A proposta é que todas as entidades falem na mesma linguagem quando tratarem sobre o tema, e que sejam apresentadas soluções efetivas para problemas como compactação e formas de semeadura”, afirma Streck. “É um momento de grande importância em nossa região, que precisa de atenção especial no que se trata de solo, para que haja desenvolvimento”, completou o gerente regional da Emater/RS-Ascar, Amauri Coracini. Entre as principais diretrizes que irão inspirar o trabalho na região estão o aprimoramento do manejo do solo e de culturas no sistema de integração lavoura-pecuária (corte e leite); promoção do desenvolvimento de políticas públicas relativas à capacidade de uso do solo e aptidão agrícola das terras; desenvolvimento de intercâmbio entre instituições de pesquisa, ensino, extensão e agricultores; e aprimoramento do manejo e uso de dejetos de animais.

Segundo o engenheiro agrônomo da Cotrirosa, Jairton Dezordi, “esse trabalho com solos é interessante e necessário porque é uma das partes mais importantes do processo de produção. Precisamos nos preocupar com todos os fatores que integram a produção, dentre eles, o solo”.

Para o assistente técnico regional da Emater/RS-Ascar, Aldo Valmor Schmidt, a importância do trabalho em conjunto das entidades se dá em um contexto de necessidade de união de forças para um manejo adequado do solo e perspectivas sustentáveis para a agricultura.

Santa Rosa é uma das dez regiões contempladas pela proposta. Estão sendo organizados grupos de trabalho também nas regiões de Caxias e Lajeado; Passo Fundo e Erechim; Frederico Westphalen e Palmeira das Missões; Ijuí; Santa Maria; Itaqui; Alegrete; Bagé; Pelotas; e Porto Alegre.

Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar – Regional de Santa Rosa
Jornalista Deise Froelich
dfroelich@emater.tche.br
(55) 3512-6665